Conheça a importância e as etapas da Análise de Efluentes

análise de laboratório

Lançados no meio ambiente, os efluentes industriais estão entre as maiores fontes de poluição dos mares, rios e lagos. Com alto nível de toxidade, os efluentes podem causar grandes prejuízos ao ecossistema e à saúde humana.

Nesse sentido, a melhor estratégia para prevenir e controlar a poluição desses ambientes aquáticos é realizar, regularmente, as análises químicas, físicas e eco-toxicológicas dos efluentes, de forma segura e integrada.

Conheça abaixo as principais etapas para realizar uma análise de efluentes eficiente.

Coleta de amostras

O objetivo desta etapa é coletar uma pequena demonstração para analisar em laboratório. No entanto, para garantir a qualidade e confiabilidade do relatório, é preciso utilizar frascos específicos, obedecer aos parâmetros de tempo e transporte, mantendo a conservação da amostra.

Análise laboratorial

Após a coleta das amostras, o laboratório utiliza algumas técnicas de análise para identificar e quantificar os componentes do material, com exatidão. E depois, é feita a comparação do resultado com os padrões ideais estabelecidos por resoluções legais, que subsidiam os laudos.

Tipos de análise

  • Física – separa e quantifica propriedades físicas, como a espectrometria;
  • Química – separa e quantifica espécies químicas, como a combustão;
  • Cromatografia líquida ou gasosa – separa misturas e identifica seus componentes;
  • Eletroquímica – associa técnicas de corrente elétrica com reações químicas, como a potenciometria.

A Conágua Ambiental é o maior laboratório de prestação de serviços analíticos do Centro-Oeste. Com equipamentos de ponta e equipe altamente capacitada, a Conágua oferece os mais completos tipos de análises e serviços com excelência, qualidade e confiabilidade. Faça-nos uma visita!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *